Instrumento para a paz

Instrument pour la Paix


Não podes vencer no mundo

David aborda a percepção distorcida e como o mundo foi feito para negar a verdade do Amor Divino.

 

Querido David,

Eu tenho-me esforçado para me tornar um membro funcional do mundo (para funcionar no mundo), porque eu falhei miseravelmente nele. Eu esbanjei dinheiro em álcool e outros vícios; Eu gastei uma herança terrena de meu pai; Gastei o dinheiro do cartão de crédito e, basicamente, não conseguia orientar a minha vida. Tenho vindo a trabalhar nos últimos anos em diferentes trabalhos e estou a ser capaz de fazer uma grande quantidade de dinheiro num trabalho específico que tenho de momento; suficiente para pagar minhas dívidas e me tornar "limpo". No entanto, o stress e a tensão física em mim são muito grandes.

A minha pergunta é: A razão pela qual eu ainda estou la debater-me com isto é porque eu ainda estou a tentar ser bem sucedido no mundo? Caso contrário, eu acho que estaria relaxado e alegre o tempo todo. O facto é que eu não sou tão espiritual quanto eu professo ser para as pessoas que me conhecem. Eu realmente ainda estou muito apegado ao mundo material e não confio plenamente ainda. Eu preciso de algum insight que você possa dar. Eu tenho recebido muito de você ao longo dos últimos meses, David, e realmente aprecio o tempo e a energia que você dispõe.

Obrigado.

 

Caro Amado,

Obrigado por me escreveres. Tu estás a começar a entender por que razão tu não sabes julgar os teus "avanços" dos teus "recuos" no que diz respeito a este mundo, seus aparentes "sucessos" e "fracassos". Este mundo está de trás para a frente e de cabeça para baixo, e nada na percepção distorcida é o que parece. Eu estou a chamar-te para fora deste mundo de cabeça para baixo. Eu estou a dizer que o Reino não é deste mundo. Eu não estou a pedir-te para "estares no mundo mas não seres dele." Nada deste mundo vai alguma vez satisfazer a tua mente santa, pois este mundo foi feito como um ataque a Deus e feito para ser um lugar onde Deus não pudesse entrar. Este mundo foi feito para negar a verdade do Amor Divino. A base para o Despertar está agora a ficar mais clara: É impossível ver dois mundos e, portanto, é impossível ser bem sucedido “no mundo." Tu não foste criado para funcionar em um mundo de imagens que Deus não criou. Quando perdoas o cosmos tu abandonas a tentativa de conciliar a verdade com ilusões, Espírito com a matéria, ou a Eternidade com o tempo. Permite que o Espírito Santo trabalhe em tua mente e torna-se evidente que tu não tens “partes” em competição umas com as outras. Perdoa e vê que tudo é integro e nada é está à parte da mente. Do Alto não há nada a fazer a não ser observar. Este é o significado de "Acima do campo de batalha." Não há stress ou preocupação ou confusão a partir de Cima.

Aparências enganam. Nada dos cinco sentidos levará ao despertar. Os cinco sentidos servem o ego e foram feitos para reportar diferenças. Enquanto a ilusão do julgamento persistir na consciência, os cinco sentidos trazem testemunho de categorias ilusórias que não têm significado e nenhuma realidade. Assim como o julgamento fragmenta a percepção, o perdão unifica-a. No entanto, esta unificação da percepção, vendo o todo, é uma perspectiva da mente e não uma função do corpo. Para lá da percepção unificada está a Visão de Cristo, que não é perceptual. Esta Luz Abstracta pode literalmente ser chamada de Ver ou Vista, no entanto, não envolve o corpo de forma alguma.

O Espírito Santo instrui a mente muito diretamente para abandonar o pensamento e as crenças do ego. À medida que escutas o Espírito Santo vais ver que os impostos e as contas vão sendo pagas, enquanto acreditas neles. O corpo é alimentado enquanto acreditas nele. Obrigações e deveres são cumpridos enquanto acreditas neles. Nada é arrancado de ti, contudo tudo é retraduzido até que a crença no específico seja dissolvida para sempre. É por isso que eu te pedi para questionar tudo o que tu acreditas. Apenas crenças falsas parecem limitar a tua consciência. A Verdade é abstrata, e quando o medo da Verdade se vai, toda a dor e esforço se vão. Nada é mais simples do que Ser como Deus nos criou, um Único Ser. Dá permissão à tua mente para estar Quieta e ter o Conhecimento, e já está realizado. Dá permissão à tua mente para abandonar todas as coisas que busca, e descobrirás o que sempre foi e sempre será. A roda do tempo foi feita para desviar a atenção do Centro de Quietude. Deixa-te entrar neste Centro e a paz é óbvia.

A confiança no Espírito Santo continuará a crescer. Ninguém pode aceitar o perdão sem confiança. A confiança é a base sobre a qual estão assentes os milagres. A confiança é o caminho para abrir a mente e libertar falsos conceitos e ídolos. O planejamento do futuro pode ser deixado de lado, pois a confiança Presente direciona o caminho. Convicção e certeza vêm com a confiança, e é assim que tu te tornas ciente de seres verdadeiramente um trabalhador em milagres. O tempo está nas tuas mãos, por assim dizer, por confiares no Espírito Santo. Alinhado com o Espírito Santo, tu já não tens um inimigo para "superar". Pois a Luz veio!

Eu ofereço-te esta ideia de Um Curso em Milagres. Abre a tua mente para o alivio que ela traz agora:

“A confiança resolveria todos os problemas Agora.
Aquieta-te, e sê abençoado neste momento.”

Eu te amo para sempre e sempre !!!

David


É realmente útil ver todas as tragédias do mundo como sendo “irreais”?

 

Querido David,

Como é que você se referiria à experiência coletiva das pessoas no Médio Oriente? Os seus ensinamentos diriam que é inexistente e impossível?

Eu conheço pessoas com uma fé incrível que foram torturadas e traídas pela extrema direita no Brasil. Eles também não achavam que era possível. Em termos de conceitos abstratos, é tudo muito claro, mas em termos de utilidade (aplicação prática) já me parece ser outra questão.

Isto são apenas perguntas. Elas não pretendem ser nenhuma crítica contra si.

Com gentileza, assim como você a estende a mim.

Obrigado.

 

Olá Amado,

Obrigado por escrever. Parecia que durante anos e anos o Espírito Santo me sussurrava continuamente um pensamento, uma e outra vez: "É a tua lição." A cada volta e a cada tentação de projetar a divisão na mente na tela do mundo, este suave lembrete esteve sempre presente. Eu fui lembrado literalmente dezenas de milhares de vezes de que eu estava a olhar através de um vidro escurecido, e estava a ter alucinações e a imaginar um mundo de total irrealidade. Na verdade, foi um alívio tremendo para mim entregar a minha mente e a minha atenção tão completamente à aplicação dos princípios do Curso a tudo o que eu percebia. Eu usei as lições do livro de exercícios do UCEM como se a experiência da minha própria vida, o estado da minha mente, dependesse de não fazer quaisquer excepções à "transferência do treinamento" que é o que o curso pretende alcançar. A teologia é realmente deixada de lado na experiência da paz, pois as crenças e os conceitos não têm qualquer validade no Momento Presente. Agora vejo que não existe uma teologia universal pois Deus e Cristo e o Espírito SÃO Universais e a teologia era a tentativa do ego de explicar o impossível. O Espírito Santo levou-me a soltar o impossível e a aceitar o que é totalmente possível como inevitável.

Lembro-me de ler e experimentar a paz da Lição 14: "Deus não criou um mundo sem significado." Lembro-me de aplicar a lição que Cristo me instruiu a fazer:

A ideia para hoje é mais um passo no aprendizado de abandonar os pensamentos tens escrito sobre o mundo e ver no seu lugar o Verbo de Deus. Os passos iniciais nesta troca, que verdadeiramente pode ser chamada de salvação, podem ser bastante difíceis e até bastante dolorosos. Alguns deles te conduzirão diretamente ao medo. Tu não serás deixado lá. Irás muito além disso. A nossa direção é rumo à perfeita segurança e à perfeita paz.

Com os olhos fechados, pensa em todos os horrores do mundo que cruzam a tua mente. Cita cada um à medida que te ocorre, e, em seguida, nega a sua realidade. Deus não o criou, portanto, não é real. Dizes, por exemplo:

Deus não criou aquela guerra, portanto, ela não é real.
Deus não criou aquele acidente de avião, portanto, ele não é real.
Deus não criou aquele desastre [especifica], portanto, ele não é real.

Outros sujeitos adequados para a aplicação da idéia para o dia de hoje também incluem qualquer coisa que tenhas medo que te possa acontecer, ou a qualquer pessoa com quem estejas preocupado. Em cada caso, cita o "desastre" muito especificamente. Não uses termos genéricos. Por exemplo, não digas, "Deus não criou a doença", mas, "Deus não criou o cancro", ou ataques cardíacos, ou qualquer coisa que te possa provocar medo.

Estas a olhar para o teu repertório pessoal de horrores. Essas coisas são parte do mundo que tu vês. Algumas delas são ilusões compartilhadas e outras fazem parte de teu inferno pessoal. Isso não importa. O que Deus não criou só pode estar na tua própria mente à parte da Sua. Portanto, não tem nenhum significado. Em reconhecimento deste facto, conclui os períodos de prática repetindo a idéia para o dia de hoje:

Deus não criou um mundo sem significado.

Esta lição é a razão pela qual o ataque é impossível. Esta lição é a experiência de que nunca pode haver nenhuma vítima, ou mesmo o mais pequeno mal trato, ou abuso de qualquer coisa ou qualquer pessoa. Um mundo do prazer e da dor, do bem e do mal, da saúde e da doença, da paz e da guerra, da vida e da morte simplesmente não pode ser criado pela Unicidade Absoluta e pelo Amor Divino. E eu descobri que era muito mais fácil eu mudar a minha mente sobre este ponto do que continuar a lutar contra aceitá-lo como verdadeiro.

Eu desisti de tentar ter razão sobre a dualidade e a multiplicidade. Eu tive um momento de verdadeira humildade. Em vez de dizer a Deus como ser Deus e de dizer a Deus como a realidade deve ser, eu decidi deixar o Espírito Santo informar e iluminar a minha mente. Eu descobri que o UCEM era uma ferramenta prática e que Cristo queria dizer exatamente o que era Dado como instrução. Tudo o que eu uma vez acreditara sobre o mundo foi derrubado numa experiência profunda.

Agora estou feliz. Eu já não estou identificado com um “ser pessoal", e desapareceram da mente as crenças sobre pessoas, lugares, coisas, grupos, países, e a ideia de "consciência coletiva da espécie humana”. Eu vejo que Quem Eu sou é quem todos são. A ser verdade a Mente Única, não pode ser que uma experiência "contraditória" possa ser também possível, pois não há mais nada além desta Mente Única. A paz é a sua própria recompensa, pois é a experiência que reflete o Amor de Deus. Os olhos do corpo, os ouvidos e os sentidos parecem relatar diferenças, mas a mente curada tem apenas um "caixa" ou uma "categoria" onde os colocar: eles não são reais. Uma percepção pacífica do mundo surge da tomada de consciência da nossa incapacidade de julgar. Deus não julga, e o Espírito Santo restaura uma mente obscurecida à sanidade por ver o falso como falso. A "mente humana" é falsa, pois o que Deus cria e o que reflete Deus compartilha os atributos de seu Criador. O pensamento de uma "experiência coletiva" de guerra ou de conflitos é um Pedido de Amor, e se alguém está a olhar para o mundo através do vidro escurecido do ego é o seu próprio Pedido para retornar à sanidade. A percepção distorcida é o único erro a ser abandonado, e pode-se dizer que "ver" parcialmente é não ver de todo. Chegamos a um ponto em que o erro é visto como "arrogância" inexistente e a percepção curada é experimentada com humildade. Graças sejam dadas à Graça de Deus que conhece a Unicidade do Amor.

Eu estou unido a Ti como Um só na experiência de paz. A minha paz eu estendo livremente, pois não há literalmente nada mais para estender. Que a Paz esteja Contigo neste momento e sempre.

Com Amor,
David